Um dos artistas ibero-americanos com maior reconhecimento no Brasil, Daniel Drexler apresenta pela primeira vez em São Paulo o show de seu novo disco “UNO”. A apresentação acontecerá dia 14 de setembro, no Auditório Ibirapuera. O show contará com um intérprete em libras.

Daniel receberá convidados especiais no palco do Auditório. Marcejo Jeneci divide com ele a música Al Menos Um Segundo e os cantores To Brandileone, Pedro Alterio e Pedro Viafora, do 5 a Seco, cantam Pensando Bem. Entre as canções que também farão parte do repertório estão Febril Remanso e Los Peones de la Guerra.

O cantor uruguaio está lançando o sétimo disco de sua carreira, onde aparece o olhar sensível de um artista que busca viver sua vida em uma dimensão poética, com maior presença do que o olhar cientifico do mundo, presente em seus discos anteriores. As músicas do novo disco do uruguaio possuem forte marca do pulso rítmico de Montevideo, mas é também um ponto de encontro entre a música de raiz afro do Rio da Prata com o universo percussivo e harmônico carioca.

O disco UNO possui muitas fontes de inspiração, entre elas a palava ECHAD (um em hebraico). A música que dá  nome ao disco e à turnê do artista é inspirada na música de Pesach (Echad mi odea) que, partindo do número um chega ao treze e retorna novamente ao número um (UNO), refletindo sobre o ciclo eterno entre a diversidade e a unicidade tão presente na cosmovisão judaica.

No palco o artista está acompanhado por sua banda formada pelos músicos multi-instrumentistas Analía Parada, Camila Ferrari e Fede Wolf, conduzindo o público pelos cenários que influenciaram as canções de novo trabalho, versões inéditas para as músicas dos trabalhos anteriores e canções novas ainda não registrada em estúdio.

O novo show de Daniel Drexler tem a poesia, a voz e a percussão (hora realizada com instrumentos, hora com o corpo) como eixo central, e busca realizar a união, no sentido mais amplo da palavra.

A turnê UNO estreou em Montevideo no Teatro Solís e desde então já foi apresentado em mais de 60 cidades da Argentina, Uruguai e Espanha. No Brasil, o show já foi apresentado em Porto Alegre, no Theatro São Pedro, com ingressos esgotados.

Ficha Técnica Show
Daniel Drexler: voz e guitarras
Fede Wolf: percussão, bateria e violão
Analia Parada e Camila Ferrari: backvocal
Técnico de Som: Clauber Scholles
Técnico de Luz: Marga Ferreira
Produtora: Mapa Produtora
Instituto Itaú Cultural

Sobre “UNO”
Após fechar o ciclo de discos conceituais com o DVD0-Livro “Tres Tiempos, onde o artista revisitou as músicas dos CD’s “Vacío”, “Micromundo” e “Mar Abierto”, em seu novo trabalho, ”UNO”, o artista “mergulhou” no universo percussivo e inicia uma nova fase em sua carreira, disco com maior sonoridade pop.

“As músicas de “UNO” tem uma forte influência do pulso rítmico da minha cidade, Montevidéu. Principalmente a da música de raiz afro-uruguaia, do candombe. Mas de alguma maneira as músicas começaram a pedir um tratamento ligado a certa exuberância rítmica e harmônica. Pouco a pouco fui em direção ao norte, a uma cidade que sempre esteve presente em meu universo musical, o Rio de Janeiro. No final o disco termino sendo um ponto de encontro entre a música de raiz afro do Rio da Prata e o universo percussivo e harmônico carioca. Gostei da ideia de percorrer uma ponte imaginária entre Buenos Aires, Montevideo e Rio de Janeiro”.

O resultado deste disco é um salto, do artista como compositor e intérprete. A escolha de Alexandre Kassin como produtor do disco aconteceu em função da estética e sonoridade que o artista procurava e que teve a aproximação promovida pelo músico Marcelo Jeneci, quando participou do show de lançamento de “Tres Tiempos”, em São Paulo, no Teatro Paulo Autran.

Gravado em outubro de 2016 e março de 2017 nas cidades no Rio de Janeiro, Montevidéu e Buenos Aires, com produção de Alexandre Kassin (Brasil) e co-produção de Matias Cella (Argentina), Dany López e Gonzalo Gutiérrez (Uruguai), reúne músicos expressivos dos três países. Além da participação dos produtores como instrumentistas e do próprio Daniel Drexler (violão, guitarra elétrica e back vocal), o disco conta com participações de Marcos Suzano, Davi Moraes, Marcelo Jeneci com o qual divide a faixa “Al Menos un Segundo”, Leo Reis Danilo Andrade, Leo Reis e Domenico Lancelloti (Brasil), Martín Ibarpuru, Johnny Neves, Ana Prada (Uruguai), Alejandro e Maria Laura (Peru), Pablo Grinjot, Marta Roca, Mariano Malamud, Lucas Argomedo (Argentina), Theon Cross (Inglaterra) , entre outros.

Sobre Daniel Drexler
Daniel Drexler é um cantor e compositor uruguaio com 16 anos de carreira que tem realizado turnês em todos os países da América Latina, Europa e México, participando de importantes festivais. Misturando ciência e poesia, foi o criador do termo “templadismo” para referir-se à influência geoclimática do sul do continente americano no processo de composição de artistas argentinos, uruguaios e brasileiros. Irmão mais novo de Jorge Drexler, hoje é um dos principais artistas uruguaios com maior visibilidade e atuação internacional.

SERVIÇO
Daniel Drexler | Lançamento UNO
Local: Auditório Ibirapuera
Data: dia 14 de setembro | sábado
Horário: 21h
Preços: R$15 (meia) e R$30 (inteira)
Os ingressos estão à venda no site do Auditório Ibirapuera 15 dias antes do show