“A paz entre israelenses e palestinos é o pior pesadelo para o Irã”, diz Greenblatt

O emissário americano para o Oriente Médio, Jason Greenblatt, disse que as recentes agressões do Irã aproximaram nações árabes de Israel num grau sem precedentes na história e que a paz entre israelenses e palestinos seria o pior pesadelo para Teerã.

Greenblatt e Brian Hook, o representante especial dos EUA para o Irã, têm condenado o Irã por apoiar os grupos terroristas palestinos, dizendo que o regime iraniano explorou o conflito (dos palestinos) com Israel para avançar em seu expansionismo pela região.

Em artigo conjunto divulgado pela Fox News nesta terça-feira (30), os dois conselheiros disseram que a paz entre Israel e os palestinos seria “o pior pesadelo para o Irã”.

Greenblatt e e Hook disseram que o Irã, usa o grupo terrorista Hamas como um meio para minar os esforços de paz de Washington e, com isso, promove uma “visão distorcida para o povo palestino, o que não oferece nada além do aumento da violência, devastação e descrença”.

“O regime iraniano vem explorando o conflito israelo-palestino há décadas – lucrando com o caos, a violência e as paralisações (de negociações) ineficazes para fazer avançar suas atividades malignas e influenciar a região”, escreveram os dois.