Brasil condena ataques do terror palestino contra população civil de Israel

O Itamaraty divulgou nota repudiando “com veemência, o lançamento indiscriminado de centenas de foguetes desde a Faixa de Gaza contra território israelense, ocorrido nos últimos dois dias”.

“Nada pode justificar o lançamento indiscriminado de foguetes que têm como alvo a população civil. A ofensiva provocada por militantes que controlam a Faixa de Gaza e a reação israelense já deixaram mortos e dezenas de feridos de ambos os lados. O Brasil expressa condolências às famílias das vítimas e formula votos de plena recuperação dos feridos.

O governo brasileiro conclama pelo fim imediato de todos os ataques contra Israel e manifesta seu apoio aos esforços em andamento para reduzir a tensão em Gaza”.

No sábado (4), o presidente Jair Bolsonaro publicou no Twitter: “No dia de hoje mais de 150 foguetes, partindo da faixa de Gaza, foram lançados contra Israel, atingindo civis judeus”.

Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, também reagiu aos ataques de Gaza, postando no Twitter: “Israel é vítima de ataques, mas quase sempre é pintado como vilão. Isso tem que mudar. Israel jamais lança foguetes aleatoriamente contra civis”.