Brasil e Israel negociam parceria no setor aeroespacial

Em visita ao Brasil, o professor e reitor do Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion), Peretz Lavie,  participou, na última sexta-feira (8), de encontro com diretores da Universidade de São Paulo (USP) e do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) para sugerir a criação de um programa conjunto na área de tecnologia de comunicação via satélite. “Queremos abrir no Brasil um programa de colaboração na área aeroespacial. O Brasil tem vantagens relativas nessa área. Planejamos lançar três novos satélites no fim de 2019”, disse Peretz Lavie, segundo a agência RFI.

A visita do reitor israelense ao Brasil foi marcada antes da eleição do presidente Jair Bolsonaro, que tem promovido uma reaproximação entre Israel e Brasil no campo diplomático e comercial. Lavie dará palestra nesta quarta (13) no IEA/USP.

Em janeiro, Lavie se reuniu com o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil, o astronauta Marcos Pontes, que visitou Israel por uma semana.

“Ele está muito interessado em fomentar uma colaboração com Israel em áreas em que somos fortes, como a questão da água ou do empreendedorismo – como o modelo israelense de Startup Nation, por exemplo”, afirmou.

O Instituto de Tecnologia de Israel (‎Technion) é a melhor instituição de ensino superior do país. É a 77ª melhor universidade do mundo, segundo o ranking de 2018 da Shanghai Academic Ranking of World Universities (ARWU).