O Levante recorda e homenageia os heróis e mártires da resistência judaica que lutaram contra a barbárie nazista no dia 19 de abril de 1943. No episódio que ficou conhecido como Levante do Gueto de Varsóvia, homens e mulheres confinados no gueto estabelecido na capital da Polônia, combateram e resistiram às forças nazistas. Morreram lutando ao invés de serem levados aos campos de concentração.

Celebrado anualmente, o Levante é um marco fundador da Casa do Povo desde que foi anunciada sua construção em 1946. A cerimônia conecta o passado e o presente da instituição, clamando sempre por novas formas de resistência e resiliência na atualidade. Em resposta à violência contra os povos originários, convidamos neste 76º aniversário representantes da luta indígena para trazer à tona massacres e levantes em curso no país.

Programação
Abertura: Denise Grinspum
Orador: Ailton Krenak
Cerimônia das velas
Apresentação: Coral Tradição canta seu repertório ídiche e o hino dos partisanos
Arte do cartaz por Denilson Baniwa

76º aniversário
Levante do Gueto de Varsóvia
24 de abril, 19h30
Casa do Povo: Rua Três Rios, 252
www.casadopovo.org.br

o próximo Show do Viver com Yiddish será no dia 28 abril, domingo, às 18 horas, com lançamento do livro/CDs Likhtik.

O show é gratuito e a venda dos livros/Cds é revertida para oficinas de Yiddish com crianças nas escolas Liessin e Eliezer Max.

A B´nai B´rith São Paulo convida para a palestra “Justiça e Cidadania”, ministrada pelo jurista e ex-secretário nacional antidrogas da Presidência da República, Walter Fanganiello Maierovith. O encontro, que terá como moderadora a advogada da União, Lena Barcessat, acontece em 29/04, a partir das 19h30, na sede da B´nai B´rith, na capital paulista. Para assistir a palestra a entidade sugere a doação de 3 quilos de alimentos não perecíveis ou a contribuição de R$ 54, que serão revertidos em doação.

A Comunidade Judaica de São Paulo, realiza no dia 01ª de maio, às 17h30, no Memorial da Imigração Judaica e do Holocausto, o “Ato Central de Yom Hashoá”, em memória aos seis milhões de judeus assassinados durante o Holocausto.

Estão abertas as inscrições para a 2ª edição do curso de formação do IBI, “Precisamos falar sobre Israel e Palestina”. As aulas tem por objetivo promover uma reflexão a partir de múltiplos pontos de vista, abrindo-se para compreensões aprofundadas que distanciam-se de estereótipos e polarizações.

O curso acontece no centro cultural B_arco, em São Paulo, às quinta-feiras de maio e junho, das 19:30 às 21:30.

Para mais informações, acesse: http://institutobrasilisrael.org/noticias/noticias/ibi-lanca-2a-edicao-do-curso-de-formacao-precisamos-falar-sobre-israel-e-palestina/

Durante os dias 7 a 9 de maio, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH) realizará o Seminário Negacionismos e Revisionismos.

O evento será no auditório Nicolau Sevcenko, prédio de História e Geografia, na cidade Universitária.