Chelsea adere à campanha #WeRemember

A equipe do Chelsea, cujos torcedores são acusados de entoarem cânticos antissemitas durante os jogos, aderiu à campanha mundial #WeRemember de memória do Holocausto, promovida pelo World Jewish Congresss – o Congresso Judaico Mundial, com apoio da Conib.

Os principais jogadores da equipe postaram nas redes sociais mensagens em vídeo para conscientizar torcedores, principalmente, sobre o genocídio nazista de judeus cometido durante a Segunda Guerra. “O Holocausto mostrou ao mundo o que pode acontecer quando se permite que o ódio prospere”. “Devemos deixar claro que não há lugar para o ódio religioso, étnico ou nacional, tanto dentro como fora de campo”, dizem os participantes da campanha do Chelsea em vídeo de 52 segundos.

O Chelsea, de Londres, está enfrentando um processo disciplinar por parte da UEFA por acusações de que seus torcedores entoaram cantos antissemitas e racistas durante o jogo contra o Vidi, na Hungria, no mês passado.