Comida kosher em Dubai

Algumas mudanças já revelam a aproximação de Israel com países do Golfo. Uma delas é a decisão de Dubai de levar para o país fornecedores de alimentos kosher.

Recém instalada no país, a empresa Kosher Arabia pretende atender todos os Estados do Golfo. Ela foi fundada por Ross Kriel, advogado nascido em Joanesburgo, que dirige a comunidade judaica ortodoxa em Dubai.

Atualmente, a empresa serve apenas alimentos lácteos, peixe e legumes. No mês passado, porém, a empresa passou no teste kosher, quando o Papa Francisco visitou os Emirados Árabes Unidos.

Entre outros eventos, o papa participou de uma conferência de diálogo inter-religioso na capital Abu Dhabi, onde um setor de alimentos kosher foi montado para atender os judeus que participaram do encontro.

Também esteve presente no evento o rabino ortodoxo norte-americano Marc Schneier, que dirige a Fundação Inter-religiosa Judaico-Muçulmana e atua como assessor de assuntos judaicos para os governantes do Golfo Pérsico.

“Foi emocionante estar em Abu Dhabi em uma conferência convocada por líderes muçulmanos”, diz Schneier. “Eu comi peixe e legumes e uma sobremesa”. Segundo o rabino, a empresa foi criada para servir executivos e turistas judeus que visitam o Golfo.

Ele está atualmente discutindo o próximo passo com altos funcionários do Golfo: a abertura de um restaurante kosher em Dubai.

“Muitos judeus visitam os Estados do Golfo, e esse tipo de alimento precisa estar disponível”, disse ele, ao ressaltar que a iniciativa será muito positiva para o setor de turismo.

Schneier disse que as negociações também estão em andamento para que a Kosher Arabia forneça alimentos para as companhias aéreas do Golfo em benefício dos passageiros judeus.”Estes são os passos que simbolizam a reaproximação”, disse ele (Itamar Eichner, Ynet News).