Comunidade judaica de Natal promove semana de cultura e pensamento judaicos do Rio Grande do Norte

A Semana de Cultura e Pensamento Judaicos acontece de segunda 12 a 16 de agosto, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). O evento, que marca os 100 anos de fundação do Centro Israelita do Rio Grande do Norte – CIRN -, órgão de representação das comunidades judaicas potiguares, vai apresentar diferentes aspectos da Literatura, História, Filosofia, Ciência e Arte produzidas dentro da cultura judaica contemporânea. O evento será aberto aos interessados.

“A importância desta iniciativa é dar visibilidade à comunidade judaica local e marcar a comemoração do aniversário do Centro Israelita do Rio Grande do Norte. Além disso, trazer a discussão no ambiente acadêmico sobre a contribuição judaica à história do Brasil e da humanidade”, disse o presidente do CIRN, Flavio Hebron.

O evento reúne, na Biblioteca Zila Mamede, da UFRN, uma exposição de documentos judaicos dos séculos XIX E XX do acervo do Professor Edrisi Fernandes. No mesmo local, estará também aberta a mostra fotográfica do CIRN, com imagens do início do século XX e paramentos religiosos.

O evento também vai abrigar a exposição “O sonho de um novo lar: raízes alemãs do Sionismo”, organizada pelo Leo Baeck Institute de Nova York com o apoio da Embaixada da Alemanha em Brasília, que já passou por outras cidades brasileiras, e vai estar aberta ao público no Museu do Petróleo do no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Além disso, a Semana reúne uma agenda de palestras que percorrem os campos da filosofia, história, ciências, política, política e artes. A programação inclui, entre outras, a apresentação do cientista político e historiador pela Universidade de Tel Aviv e doutor em Ciência Política pela USP, Samuel Feldberg, que vai falar, a convite da Conib, sobre antissemitismo e antissionismo. Em “Sonhos: neurobiologia e cabala”, o professor Sidarta Ribeiro (Instituto do Cérebro-UFRN) e o rabino Yair Alon desenvolvem o tema pelo lado da neurociência e da cabala. André Lajst, do StandwithUs, vai abordar o conflito israelo-palestino em “Dilemas do Processo de Paz entre israelenses e palestinos”.

“André Lajst vai cumprir também uma programação especial, com palestras em escolas da rede pública e em um colégio privado, além da palestra em que aborda a questão nuclear iraniana e o Oriente Médio, programada na UFRN”, explicou Hebron.

A abertura do evento, na segunda, contará com a presença de um quarteto de cantores que apresentarão músicas do cancioneiro judaico sefaradita. No encerramento, dia 15, haverá apresentação do Coral da Assembleia de Deus, com interpretação de músicas judaicas.

A programação é gratuita. Para maiores informações, acesse a página do CIRN no Facebook. Para se inscrever acesse.