Comunidade judaica prepara refeições para exército de Israel em Brumadinho

Um grupo de 20 voluntários da comunidade judaica em Belo Horizonte está responsável por preparar as refeições para os militares do Exército israelense, que estão em Minas Gerais para ajudar no resgate de vítimas do rompimento da barragem da Mina do Feijão, da Vale.

As refeições são preparadas no bairro Funcionários, na sede do Beit Chabad, organização beneficente judaica.

Os alimentos são kasher, preparados segundo preceitos milenares da lei judaica, descritos no Velho Testamento eque estabelece que os judeus não devem comer, por exemplo, carne de porco, camarão, lagosta, frutos do mar, peixes sem escamas, carne com sangue, e alimentos que misturem carne com produtos de origem láctea, como manteiga, leite e queijo.

O cardápio do almoço desta segunda-feira (28) tem arroz, feijão, bolinho de carne, frango à milanesa, macarrão à bolonhesa e salada de macarrão.

Por dia, serão consumidos 60kg de carne e 80kg de frutas, legumes e verduras (Benny Cohen, Estado de Minas).