Conib participa do lançamento em SP do plano Juventude Viva, de combate à exclusão da juventude negra

Representada pelo moré [professor] Ventura, a Confederação Israelita do Brasil participou do lançamento no dia 25 de outubro em São Paulo do plano federal Juventude Viva, que propõe estratégias de prevenção à violência, ao racismo e à exclusão da juventude negra e de periferia.

A cerimônia, que ocorreu no CEU Casa Blanca, no bairro do Campo Limpo, contou com a participação dos ministros Gilberto Carvalho, chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, e Luiza Bairros, chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR); do prefeito Fernando Haddad, e do secretário municipal de Promoção da Igualdade Racial, Netinho de Paula.

Os organizadores agradeceram à comunidade judaica a presença e parceria. O moré Ventura, atualmente assessor de Conexão da Federação Israelita do Estado de São Paulo, atua há anos junto a movimentos sociais, da juventude negra e de periferia, no campo da justiça social, da luta contra a discriminação e do diálogo inter-religioso. Após a cerimônia, ele foi convidado a conhecer algumas associações da região, na periferia de São Paulo.

A Conib representa a comunidade judaica na SEPPIR desde sua criação, em 2003, e participará da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, que será realizada em Brasília, de 5 a 7 de novembro.

Na solenidade, o jovem negro Isaac Souza Faria expôs com eloquência a dura realidade enfrentada pela juventude negra e de periferia, suas lutas e demandas.


Moré Ventura com o prefeito Fernando Haddad e com os jovens Gilson, Paula e Isaac. Fotos: Divulgação.