Conib participou de Fórum de Diretores Nacionais de Comunidades, em Bucareste

Representada por seu diretor geral, Sergio Napchan, a Conib participou do Fórum de Diretores Nacionais das Comunidades, ligado ao Congresso Judaico Mundial (World Jewish Congress –WJC). O encontro aconteceu na terceira semana de junho, em Bucareste, na Romênia. Em sua sexta edição, o fórum tinha por tema “Trabalhando Juntos-Sendo Positivamente Judeus”

A programação reuniu uma série de painéis e palestras. Uma das atividades foi liderada por integrante do corpo diplomático do WJC da Romênia, Andrei Schwatz. O objetivo era mostrar algumas experiências exitosas para mobilizar as novas gerações, com o objetivo de desenvolver futuras lideranças. Este é um programa em que o WJC está investindo esforços importantes.

Uma outra sessão foi dedicada a como conseguir mobilizar público interessado para fazer parte das atividades comunitárias, como lidar com as expectativas e os parâmetros de sucesso destas iniciativas.

No debate que tinha por temática principal “O que o WJC pode fazer por você? O que você pode fazer pelo WJC? O que podemos fazer uns pelos outros? E o que podemos fazer juntos”, participaram Sonia Gomes de Mesquita (chefe de programas oficiais do WJC),  Ernest Herzog (Chefe do Departamento Global de Segurança da Comunidade Judaica do WJC), Anna Bokshitskaya (Diretora Executiva da Federação Russa do World Jewish Congress) e Jaqueline Fluguelman ( Diretora Executiva da Confederação das Entidades Judaicas da Venezuela). “Falou-se de experiências concretas e de programas e serviços que podem e devem ser aproveitados pelas comunidades judaicas”, contou Napchan, que moderou uma parte deste painel.

Um outro painel reuniu o vice-presidente executivo do WJC, Robert Singer, o ministro das Relações Exteriores da Romênia, Alexandre Victor Micula, e a coordenadora do combate contra o antissemitismo da Comissão Europeia, Katharina Von Schnurbein. “É impressionante o que a Romênia tem feito, a forma com que tem conduzido reparações históricas com relação à contribuição dos judeus para o país, e o monitoramento do crescimento do antissemitismo”, contou o diretor geral da Conib. “Vale destacar também o trabalho incansável da Katharina, da Comissão Europeia, na luta implacável contra a onda crescente de antissemitismo”, acrescentou.

Tópicos como perspectivas e estratégias para prevenir e lutar contra o antissemitismo, racismo, xenofobia e radicalização do discurso de ódio foram abordados ao longo de toda uma manhã. O ponto alto deste dia foi o evento em memória da AMIA, cujo atentado completa 25 anos em 2019, sem culpados punidos.

A agenda incluiu visita ao Centro Comunitário de Bucareste, e uma apresentação de uma peça teatral em Íidische. “Há um teatro nacional, que monta peças deste repertório. Os artistas não são judeus, com exceção da atriz principal, Maia Morgenstern, nome importante na cena nacional, com atuação internacional também. Maia fez o papel de Maria, a mãe de Jesus, no filme a A Paixão de Cristo, do polêmico Mel Gibson”, finalizou Sergio Napchan.