Em Buenos Aires, Lula debate diálogo inter-religioso com diretoria do Congresso Judaico Latino-Americano

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reuniu-se em Buenos Aires com representantes do Congresso Judaico Latino-Americano (CJL). A principal pauta do encontro foram as experiências positivas de convivência inter-religiosa tanto no Brasil como na Argentina, que podem servir de modelo para outras partes do mundo.

 

O CJL agradeceu a Lula por “seu permanente apoio à comunidade judaica” e sua presença, durante seus dois mandatos, na cerimônia anual do Dia Internacional em Memória às Vítimas do Holocausto (27 de janeiro).  

 

Lula disse que “no Brasil, a convivência entre as pessoas de distintos credos sempre foi pacífica, e precisamos trabalhar para aprofundar este exemplo”.

 

A situação dos processos de integração regional nos marcos do Mercosul e Unasul e a crescente importância do BRICs também foram abordadas.

 

Participaram do encontro o diretor executivo do CJL, Claudio Epelman, o secretário-geral Claudio Presman e o tesoureiro Javier  Mutal.

 

 

A partir da esquerda: Javier Mutal, Claudio Epelman, Lula e Claudio Presman, em Buenos Aires. Foto: CJL.