Embaixador da Polônia e comunidade judaica de Brasília homenageiam as vítimas do Holocausto

O embaixador da Polônia, Andrzej Braiter, participou em 27 de janeiro da cerimônia pelo Dia Internacional em Memória às Vítimas do Holocausto, realizada pela ACIB – Associação Cultural Israelita de Brasília. Cerca de 100 pessoas compareceram ao evento.

Também estiveram presentes Lulu Landwehr, sobrevivente de Auschwitz, o ministro da Embaixada de Israel Lior ben Dor, a cônsul da Polônia, Dorota Bogutyn, a vice-cônsul do Canadá, Nathalie Claringbull. O diretor da ACIB Hermano Wrobel representou o presidente da entidade, Peter Rembischevski.

O grupo de leitura dramática da ACIB apresentou seis princípios do judaísmo para lembrar o combate do bem contra o mal. David Preciado rezou a oração pelos falecidos.

Em Porto Alegre, a paróquia Santo Antonio convidou o rabino Guershon Kwasniewski, da SIBRA – Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficência, para participar de um culto em que foi lembrado o Dia do Holocausto.

O frei Adelino Pilonetto e o rabino se manifestaram em prol do diálogo inter-religioso, da paz e do respeito mútuo. Se o Vaticano tivesse, 80 anos atrás, um papa como Francisco, dificilmente teria ocorrido o Holocausto, refletiu o rabino.


Embaixador da Polônia Andrzej Braiter, e ministro da Embaixada de Israel, Lior ben Dor. Foto: ACIB.

Sobrevivente de Auschwitz Lulu Landwehr e sua filha, Vivienne. Foto: ACIB.

Rabino Guershon Kwasniewski, na paróquia Santo Antonio, em Porto Alegre. Foto: Divulgação.