Estado de São Paulo reconhece a Conib como entidade promotora de Direitos Humanos

A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo reconheceu este mês a Confederação Israelita do Brasil como Entidade Promotora de Direitos Humanos, nos termos do decreto 46.655/02.

O Certificado de Entidade Promotora de Direitos Humanos é um benefício legal que visa estimular e fomentar as entidades que se dedicam à promoção dos Direitos Humanos. Com sua concessão, a Conib poderá pleitear isenção de imposto sobre as doações recebidas.

Para obtenção do certificado, a Conib apresentou um detalhado relatório de atividades, incluindo ações contra o racismo e o antissemitismo, a promoção do diálogo inter-religioso, divulgação da história e da cultura judaica, educação sobre o Holocausto, criação da Rede de Escolas Anne Frank, participação na Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República e ajuda humanitária no Brasil e no exterior. 

Foram mencionadas atividades realizadas nos últimos anos, nas gestões de Berel Aizenstein, Jack Terpins e Claudio Lottenberg.