“Foi a decisão certa neste momento”, diz Netanyahu sobre cessar-fogo com o Hamas

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu confirmou hoje o cessar-fogo com o Hamas, afirmando que essa foi a “decisão certa neste momento”, apesar das críticas, principalmente de moradores da região sul do país que pediam uma ação mais firme de Israel contra os constantes lançamentos de foguetes a partir da Faixa de Gaza – mais de 400 foguetes foram lançados contra o sul de Israel em menos de 24 horas. “O Hamas implorou por um cessar-fogo e entendemos muito bem o motivo”, disse o premier em declarações feitas no Memorial Ben-Gurion. “Ben-Gurion tomou decisões muitas vezes impopulares. E em tempos de crise e de tomada de decisões que afetam a segurança de nossos cidadãos, não podemos omitir do público considerações difíceis”. “Neste momento, a nossa liderança não está tomando a decisão mais fácil, mas sim a mais correta, mesmo que seja difícil esse entendimento”, acrescentou.