Mensagem de Iom Kipur da Conib

O Iom Kipur – que se inicia ao anoitecer desta terça-feira (8) e termina quando surgir a primeira estrela da noite de amanhã – marca o fim do período de dez dias de introspecção, em que avaliamos nossa conduta durante o ano que passou. Reconhecemos nossos erros, consideramos nossas realizações e pensamos em maneiras de nos aperfeiçoarmos – tanto no âmbito individual, como no coletivo.

Como escreveu o rabino Lord Jonathan Sacks em Cartas Para a Próxima Geração – Reflexões para o Iom Kipur, nunca é tarde demais para recomeçar e passar a viver de forma diferente daquela que vivíamos até então.

Enfrentamos tempos difíceis, com o esgarçamento de valores e regras que buscam assegurar a boa convivência, o respeito e a tolerância entre os que integram uma sociedade plural.

O judaísmo repousa ancestralmente em valores éticos e morais sólidos. Princípios como justiça, compaixão e solidariedade devem nortear nossas ações. Não há melhor tempo do que o difícil, para nos ligarmos a eles ainda mais, tentando nos tornar pessoas melhores e, assim, construirmos um mundo melhor para todos.

Que, em 5780, estes ensinamentos nos guiem como uma bússola, rumo a um mundo de paz e de maior esperança, que desejamos para nós e para as gerações futuras.

Que sejamos todos inscritos e confirmados no livro da vida!
Fernando Lottenberg, Presidente da Conib