Militares de Israel chegam ao Brasil para ajudar nas buscas em Brumadinho

Os 136 militares de Israel chegaram a Minas Gerais na noite deste domingo. O avião pousou no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), recepcionou todos eles na pista do aeroporto. A tropa seguiu para Brumadinho, onde vai ajudar nas buscas por vítimas do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, da Vale. Os militares devem começar os trabalhos na manhã desta segunda-feira (28).

Cães farejadores e sonares usados em submarinos para localizar pessoas em grandes profundidades também foram enviados pelo governo de Israel. Os equipamentos, que somam aproximadamente 16 toneladas, têm alta qualidade de recepção de imagem e detectores de vozes e ecos. A previsão é de que a equipe de Israel ajude nas buscas durante uma semana, que pode ser prolongada se houver necessidade. A missão é chefiada pelo embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.

De acordo com nota oficial, dos 136 militares, 30 são mulheres e 106 são homens. Eles ficarão hospedados no 12º Batalhão de Infantaria e na 4ª Cia. da Polícia do Exército e terão apoio do Exército Brasileiro em transporte, alimentação e escolta. Os cães farejadores terão assistência veterinária.