22 de outubro de 2017 English Español עברית

Conib Logo

Psicóloga analisa relatos de sobreviventes do Holocausto radicados no Brasil

02 Abr 2014 | 10:32
Imprimir

Empenhada em incentivar a ampliação de estudos sobre o Holocausto, a Confederação Israelita do Brasil se associou à editora Perspectiva para viabilizar o lançamento do livro “Holocausto: Vivência e Retransmissão”, da psicóloga e professora Sofia Débora Levy, que é representante da Conib no Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial (CNPIR).

O livro será lançado em 23 de abril, às 18h30, na Livraria da Vila do Shopping Higienópolis, em São Paulo. Haverá debate de Sofia Levy com a profa. Maria Luiza Tucci Carneiro, da USP, e mediação de Márcio Seligmann-Silva, da Unicamp.

Em 24 de abril, Sofia dará palestra sobre o tema, na Sociedade israelita Brasileira Beth Jacob de Campinas.

Na obra, Sofia Levy entrevista sobreviventes do Holocausto radicados no Rio de Janeiro. O livro traz seus relatos, amparados por referências históricas e culturais. Nas palavras de Lyslei Nascimento, da Universidade Federal de Minas Gerais, “o olhar sensível da pesquisadora convida o leitor a entrar em um vasto território de dor e de limite, colocar-se no lugar do outro e, sob sua pele, compreender as razões de sua dor”.

No momento em que o Brasil reconhece a importância e a obrigatoriedade do ensino do Holocausto nas suas escolas, o livro de Sofia Levy serve como fonte primária de referência para professores e pesquisadores.

No CNPIR, Sofia integra o Grupo Juventude Viva e faz um trabalho constante de aproximação entre judeus e afrodescendentes. Ela é autora também de "Sobre Viver – oito relatos antes, durante e depois do Holocausto por homens e mulheres acolhidos no Brasil" (Relume-Dumará, 2006).


Sofia Levy e Aleksander Laks, sobrevivente do Holocausto, no lançamento do livro, no Rio de Janeiro, em fevereiro de 2014. Foto :Divulgação.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos