24 de setembro de 2017 English Español עברית

Conib Logo

Gangue antissemita rouba e faz refém família judia na França

11 Set 2017 | 13:21
Imprimir

Uma gangue antissemita roubou e fez refém a família do presidente de uma associação judaica nos arredores de Paris.

Pai, mão e filho foram agredidos no ataque, que foi condenado pelo ministro do Interior da França, Gérard Collomb. "Segundo os primeiros indícios, o motivo desse ato covarde parece ter relação direta com a religião das vítimas", disse Collomb.

O presidente do Congresso Judaico Mundial, Ronald Lauder, exigiu que as autoridades francesas considerem o ataque como um caso de extrema gravidade.

Uma investigação foi aberta por sequestro, roubo e extorsão com violência, crimes motivados pela religião das vítimas.

Leia mais, em O Globo.


Roger Pinto, 78, é presidente de uma entidade judaica francesa. Reprodução/CNews.





Comentários


Últimas do blog

Vídeos