Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu reage após indiciamento

Veja abaixo suas declarações, listadas pelo Jerusalem Post.

“Eu me encontrei em Moscou com Putin e disse a ele que continuaríamos colaborando contra o Irã. Ouvi as palavras de Trump em meu favor”, disse Netanyahu.

“Essa relação única com os líderes mundiais não é uma questão pequena, e por muitos anos ela me ajudou a garantir nossa segurança, ajudou a preservar nosso país. A política que levo com meus amigos no Likud levou Israel à melhor década de sua história na segurança, nas relações exteriores, na economia, em todos os campos “, continuou Netanyahu.” “Transformamos Israel em uma força mundial ascendente, mas o fizemos sem concessões e inclinando nossas cabeças. Fizemos isso enquanto constantemente alimentávamos nossa força, até mesmo militarmente. ”

“A esquerda está em uma onda de caça contra mim”, disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu na quinta-feira, à beira das lágrimas: “Eu acho que eles já estão costurando ternos, não apenas casos”.

“Levamos Israel à melhor década de sua história”, ele disse, “eles sabem que não podem me derrotar nas urnas”.
“Eles começaram isso tentando me apontar seis casos de corrupção”, disse ele, “essas acusações vão desmoronar quando eu trouxer dezenas de testemunhas que nunca foram questionadas”.

“É tudo uma mentira”, ele disse, “eles aceitam o trabalho que todo porta-voz faz e, no meu caso, eles transformam isso em um caso criminal”.

Netanyahu disse que a esquerda está criando “um libelo de sangue” contra ele, que inclui sua esposa e filho.

“Nunca na história de Israel houve histórias positivas da imprensa pensadas como suborno”, disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, “somente se seu nome for Netanyahu”.

“Há uma lei para todos”, disse ele, “mas outra para Netanyahu e para o Likud”.

“Todo este castelo de cartas entrará em colapso”, disse Netanyahu, “eu servirei a vocês, povo de Israel, por muitos mais anos”.

Netanyahu afirmou que: “Pretendo continuar a servir o povo e o país como primeiro-ministro por muitos anos, mas depende de você – o povo. Não de funcionários, não de estúdios, não de comentaristas e repórteres. Depende de vocês.”

“A escolha é afiada como uma navalha – um fraco governo de esquerda de Lapid e Gantz com os árabes, ou um governo forte na minha liderança”, Netanyahu concluiu.

Netanyahu foi indiciado nesta quinta-feira e e aguarda audiência.