Após confrontos provocados por missil de Gaza, Tel Aviv abre bunkers

O prefeito de Tel Aviv, Ron Huldai, deu instruções para que os abrigos anti-bombas sejam abertos em toda a cidade na noite desta segunda-feira (25), após os ataques das Forças de Defesa de Israel (IDF) em resposta à agressão da Faixa de Gaza.

Em Ashkelon, abrigos antiaéreos foram abertos horas antes da intervenção das IDFs.

Ashdod e Beer Sheva juntaram-se à medida de Tel Aviv e também abriram abrigos públicos como medida de segurança.

A resposta das IDF é em retaliação a um foguete do Hamas na manhã de segunda-feira que atingiu uma casa de família perto de Kfar Saba.

Um total de 3 foguetes foram lançados. Eles danificaram 30 casas, destruindo uma por completo, com um total de 7 feridos com lesões leves, incluindo 2 crianças e um bebê. Além disso, muitas pessoas ficaram chocadas com o ataque no centro do país.