Amit Louzon, CEO da Ituran Brasil e Jamyl Jarrus Jr., diretor comercial da Movida, participam nesta quinta-feira, 22 de outubro, às 17h, do ALIVE NA QUARENTENA da Câmara Brasil-Israel (BRIL-Chamber), com o tema “Paralelo Brasil – Israel: como as empresas estão se adaptando e seus legados pós pandemia”.

No debate, que terá moderação do Dr. Ivan Luvisotto, diretor da Câmara e sócio do Suchodolski Advogados, os executivos relatarão como se adaptaram frente a pandemia do coronavírus, as mudanças que tiveram que fazer para continuar atendendo seu público e o legado que essas mudanças vão deixar para o futuro.

A exibição do evento online será nas redes sociais da Câmara Brasil- Israel (BRIL Chamber) no Facebook: @brilchamber e YouTube: bril chamber, com a participação do público via chat.

Para receber o link de acesso em seu email, faça sua inscrição aqui.

A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo está promovendo curso sobre o Oriente Médio e o conflito israelo-palestino a partir do dia 27 de outubro. Serão 8 aulas às terças e quintas das 19h00 às 21h00. As aulas vão até o dia 19 de novembro.

O curso pretende abordar as origens históricas do conflito, os aspectos sociais, econômicos e políticos das relações entre Israel, os palestinos e os países muçulmanos da região, assim como o envolvimento das superpotências durante o período da Guerra Fria e a participação de atores extra-regionais no período mais recente.

O curso tem como objetivo fornecer uma visão abrangente do conflito israelo-palestino no contexto atual do Oriente Médio, abordando desde a origem de ambos movimentos nacionais e discutindo as razões pelas quais o projeto sionista foi bem sucedido, frente à estagnação da condição palestina.

Os alunos matriculados receberão via e-mail o link para acesso às aulas.

A inscrição não garante a efetuação da matrícula. A matrícula nos cursos somente será efetivada após o pagamento da primeira parcela ou do valor integral. Mais informações no site, ou pelos telefones 3123-7800 e 3123-7823, ou pelo email extensao@fespsp.org.br

O crescimento, o agravamento e a complexidade de casos envolvendo discursos de ódio, acelerados e amplificados nas mídias sociais, têm reforçado o desafio de se buscar soluções concretas e, principalmente, um instrumental de análise teórico para a questão capaz de auxiliar empresas, organizações não governamentais e entidades estatais e comunitárias a lidar, mitigar e solucionar tais casos.

Ao mesmo tempo, o excesso e a velocidade de disseminação de conteúdos falsos têm exigido que veículos de comunicação, agências de checagem, empresas e órgãos de todos os governos mundiais invistam tempo e recursos para desmentir os boatos e informações enganosas.

Nesse sentido, como o Brasil vai se preparar para fortalecer o combate à crescente onda de desinformação, discurso de ódio e linchamentos virtuais nas eleições de 2020? Esses assuntos serão debatidos no dia 30/10, no evento online Os limites do discurso de ódio nas redes sociais, que terá três painéis para refletir sobre o tema e buscar soluções concretas para resolver o problema. Débora Freitas, jornalista da CNN, será a mediadora dos três encontros.

IMPORTANTE: os painéis vão ser transmitidos via Facebook, Twitter e YouTube do HISTORY. Para participar e acompanhar tudo sobre os três encontros, faça a sua inscrição no Sympla.

Este evento faz parte do lançamento do filme A Verdade da Mentira, que estará disponível no dia 26 de outubro nas plataformas digitais.

PROGRAMAÇÃO

PAINEL 1 | Como enfrentar o discurso de ódio no contexto eleitoral?

Horário: 15h às 16h

Sobre: o foco do painel é realizar uma reflexão sobre a dimensão e a urgência de falarmos sobre os discursos de ódio e linchamentos virtuais no período eleitoral. Vamos falar com a Justiça Eleitoral, e com atores relevantes da sociedade civil, sobre como podemos nos preparar para evitar e lidar com linchamentos virtuais e atentados à integridade moral e física de qualquer cidadão nas eleições de 2020.

DEBATEDORES

Ministro Luís Roberto Barroso, Presidente do TSE

Fernando Lottenberg, Presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib)

Petria Chaves, jornalista e apresentadora do programa Revista CBN (rádio CBN),do podcast Revisteen CBN Joca – o primeiro podcast de notícias voltado para jovens de 9 a 15 anos – e apresentadora do documentário “A Verdade da Mentira”, que será lançado no dia 26 de outubro. O filme A Verdade da Mentira, com direção de Maria Carolina Telles, é uma reflexão sobre o momento de desinformação e polarização extrema que vivemos e quais são os impactos desse fenômeno no nosso dia a dia. Ao longo do filme, são ouvidas diversas pessoas especialistas no assunto.

PAINEL 2 | A experiência de grupos que sofrem com discursos de ódio

Horário: 16h30 às 17h30

Sobre: o foco do painel é apresentar casos concretos de pessoas e grupos minoritários que já sofreram e sofrem com discursos de ódio, desinformação proposital e com linchamentos virtuais com desdobramentos que não condizem nem com os ideais democráticos nem com o respeito à dignidade humana. Quais medidas e ações foram adotadas para diminuir, reverter e, quando possível, punir os envolvidos? O que a sociedade pode fazer para mudar esse cenário?

DEBATEDORES

Rabino Michel Schlesinger, rabino brasileiro da Congregação Israelita Paulista (CIP)

Djamila Ribeiro, filósofa e escritora

Alexandre Pacheco da Silva, coordenador do Centro de Ensino e Pesquisa em Inovação (CEPI) da FGV Direito SP, realizadores da pesquisa e do “Guia para Análise de Discurso de Ódio”

Cristina Naumovs, jornalista, consultora de criatividade, inovação e humanidade para grandes marcas

Rodney William, Babalorixá e Doutor em Ciências Sociais

PAINEL 3| Como prevenir os linchamentos virtuais na eleição de 2020?


Horário: 18h às 19h

Sobre: o foco do painel é falarmos de boas práticas pelo mundo e ações concretas para evitar a disseminação de mensagens com discursos de ódio. Como evitar, prevenir, frear e punir os linchamentos no mundo virtual e fora dele? Com a participação de especialistas, o objetivo é buscar ações concretas que podem ser colocadas em prática pelos TREs, pela Justiça Eleitoral e pelas plataformas de mídias sociais.

DEBATEDORES

Cristina Tardáguila, fundadora e sócia da Agência Lupa e atual diretora da International Fact-Checking Network

Thiago Rondon, Coordenador digital de combate à desinformação no TSE

Marco Aurelio Ruediger, diretor da FGV DAPP

Luciano Santos, Diretor do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE)

REALIZAÇÃO

Instituto Tecnologia e Equidade (IT&E), ELO Company, HISTORY, Agência Lupa, Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).