ADL também manifesta apoio à Conib contra recepção à parlamentar alemã em Brasília 

A Liga Anti-Difamação (ADL), com sede nos EUA, manifestou apoio à Conib na sua condenação à recepção dada em Brasília a Beatrix von Storch, vice-líder do partido populista AfD (Alternativa para Alemanha) e neta de Lutz Graf Schwerin von Krosigk, ministro das Finanças na Alemanha nazista.
“Nem Bolsonaro nem qualquer autoridade eleita deve dar as boas-vindas a um político da AfD. O partido de extrema direita AfD da Alemanha aceita a banalização e a negação do Holocausto e usa retórica xenófoba. Nós apoiamos a Conib ao condenar as boas-vindas de um político da AfD”, disse a ADL em postagem no Twitter.
Em sua visita à Brasília, Beatrix manteve encontros com o presidente Jair Bolsonaro e com os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Bia Kicis (PSL-DF), que compartilharam fotos das agendas em suas redes sociais – e foram criticados pelo histórico xenófobo e anti-imigração de Beatrix, que já foi investigada por incitação ao ódio contra muçulmanos.
O American Jewish Committee (AJC) também divulgou nota de apoio à Conib contra a recepção dada em Brasília à deputada alemã.