Arábia Saudita autoriza voos israelenses em seu espaço aéreo

A Arábia Saudita anunciou na noite desta segunda-feira que deu aprovação oficial para aviões israelenses sobrevoarem o espaço aéreo do país, reduzindo drasticamente o tempo de voo de algumas rotas e permitindo que as companhias aéreas israelenses ofereçam voos diretos para Dubai, informou a mídia israelense.

O anúncio da Arábia Saudita significa que um voo da Israir entre Tel Aviv e Dubai planejado para esta terça-feira, sairá do Aeroporto Ben-Gurion como originalmente planejado.

Um pouco antes, as autoridades dos Emirados esclareceram ao Ministério dos Transportes de Israel que, enquanto a Arábia Saudita não concedesse às companhias aéreas israelenses uma autorização para sobrevoar seu espaço aéreo, os Emirados Árabes Unidos não permitiriam que nenhum voo israelense pousasse em Dubai, informou o KAN .

A questão foi levada pelo Ministério das Relações Exteriores de Israel à Arábia Saudita na tentativa de acelerar o processo de aprovação.

Em setembro, a Arábia Saudita declarou que permitiria que todos os voos civis estrangeiros sobrevoem seu espaço aéreo, a pedido dos Emirados Árabes Unidos, “para permitir a passagem pelo espaço aéreo do reino para voos que cheguem aos Emirados Árabes Unidos e saiam dele”. No entanto, a mensagem não mencionou especificamente Israel, o que levantou preocupações com autoridades da aviação israelense nas últimas semanas.

Com voos já lotados, as companhias aéreas israelenses Israir, Arkia e El Al estão preparadas para levar milhares de israelenses a Dubai durante o mês de dezembro.

O acordo de aviação assinado entre Israel e os Emirados Árabes Unidos permite que Israel proíba companhias aéreas estrangeiras de usar a rota de Tel Aviv a Dubai se as companhias aéreas israelenses não tiverem permissão para usar a mesma rota. Esses voos já estão sendo operados por várias companhias aéreas, incluindo a FlyDubai (oficialmente Dubai Aviation Corporation.)

A FlyDubai operou o primeiro voo turístico direto de Tel Aviv para Dubai no início de novembro, transportando cerca de 174 empresários e turistas no voo histórico FZ8194 sobre o espaço aéreo saudita.

Em setembro, Jared Kushner disse a repórteres que “a Arábia Saudita e o Bahrein permitirão que todos os voos israelenses passem por seu território, e não apenas voos de e para os Emirados”.

A autorização da Arábia Saudita terá efeitos significativos na redução do tempo de voos israelenses para o leste, encurtando o tempo de voo em 2 a 3 horas para vários destinos. “Estamos vendo uma explosão de otimismo”, acrescentou Kushner na ocasião. “Vemos países fazendo o que é melhor para seus interesses”.