Congregação Israelita Paulista acolheu moradores de rua em sua Casa da Juventude 

A Congregação Israelita Paulista (CIP) foi convocada pelo governador João Doria e pelo Padre Júlio Lancelotti para ajudar pessoas em situação de rua durante os dias em que a massa de ar frio intensa, de origem polar, atingiu São Paulo. Em uma decisão emergencial e em menos de 24 horas, a Casa da Juventude foi adaptada para fornecer comida e abrigo para essa população vulnerável nas noites de 29 a 31 de Julho.
Através de seu departamento de Ação Social a CIP rapidamente mobilizou a comunidade e seus departamentos internos para prestar essa assistência emergencial. Foram noites tranquilas, com o acolhimento total de 62 pessoas em situação de rua.
“Essa ação só aconteceu porque tivemos um grande apoio de diversas instituições judaicas e não judaicas, estabelecimentos parceiros, bem como da prefeitura e Estado de São Paulo, voluntários e profissionais que se engajaram para que esse projeto acontecesse. A proteção à vida, importante valor judaico, prevaleceu e foi emocionante participar desta ação humanitária e contribuir com a cidade”, declarou o rabino Michel Schlesinger.
Após a primeira noite e o primeiro bom dia, com as faces descansadas e sorridentes de todos, a CIP teve a certeza que tomou uma decisão coerente com seus valores.
A CIP agradece o apoio da Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Celia Parnes, Fisesp, UNIBES, A Hebraica, Ong Unidos do Bem, Mercado Maceió, Paseg, e aos voluntários e à equipe profissional da CIP que em 24h fizeram tudo acontecer e estiveram presente nessas três noites e manhãs.

Foto: Divulgação CIP