Conib e Associação Israelita Catarinense conclamam governadora a rechaçar as ideias negacionistas de seu pai

A Conib e a Associação Israelita Catarinense (AIC) divulgaram nota conjunta afirmando que são preocupantes os relatos na imprensa de que o pai da governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reihner, é simpatizante do nazismo e do genocida Adolf Hitler.

“A governadora deve, de forma veemente, manifestar sua repulsa ao negacionismo da tragédia que foi o Holocausto. É importante que ela se pronuncie sobre o assunto e demonstre de forma inequívoca sua rejeição às ideias que levaram ao extermínio de 6 milhões de judeus inocentes, além de outras minorias e adversários políticos e provocaram uma guerra que devastou a humanidade” diz a nota assinada por Fernando Lottenberg, presidente da Conib, e Sergio Iokilevitc, presidente da AIC.