CONIB, FISESP e CIP realizam ato em Memória às Vítimas do Holocausto

Por ocasião do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, a Confederação Israelita do Brasil (CONIB) , a Federação Israelita do Estado de São Paulo (FISESP)  e a Congregação Israelita Paulista (CIP), realizam nesta quinta-feira, 27 de janeiro, às 19h30, um Ato em Memória às Vítimas do Holocausto. Para assistir, acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=ebLOzv_k3Ek

O evento acontecerá  na Sinagoga da Congregação Israelita Paulista, sem a presença de público e será transmitido online pelas redes sociais da CIP, CONIB e FISESP.   Autoridades civis, religiosas e comunitárias vão  homenagear os seis milhões de judeus assassinados durante este trágico episódio da história com o acendimento de seis velas.  O cônsul geral da Alemanha, Thomas Schmitt também participará do evento que contará ainda com uma parte musical e litúrgica.

Margot Rotstein, brasileira  que sobreviveu à Noite dos Cristais,  dará seu depoimento.  Nascida em Berlim e naturalizada brasileira ela fugiu da Alemanha com seus pais aos seis anos de idade após a família ter sobrevivido à Noite dos Cristais, episódio em que o regime nazista matou judeus, incendiou sinagogas, saqueou e destruiu lojas da comunidade judaica em 1938.

A fuga de sua família da Alemanha  nazista foi repleta de momentos de muito medo. Por várias vezes seu pai esteve face a face com a Gestapo e como que por uma obra do destino sempre conseguia se esquivar.  Após ser barrada pelo governo de Getúlio Vargas em 1939, a família de Rotstein mudou-se para o Brasil em 1947, oito anos depois de ter chegado à América do Sul e se instalado na Bolívia. Atualmente Margot mora em São Paulo tem três filhos e quatro netos.   Aos 89 anos ela não esquece o horror causado pela perseguição aos judeus no regime nazista e ressalta a importância de dialogar com os jovens para que o horror que presenciou durante o Holocausto jamais se repita.

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou em 2005 uma resolução instituindo 27 de janeiro como o Dia Internacional em Memória das  Vítimas do Holocausto. A data é uma homenagem aos seis milhões de judeus e às outras vítimas da exterminação nazista. A resolução rejeita qualquer questionamento de que o Holocausto foi um evento histórico, enfatiza o dever dos Estados-membros de educar futuras gerações sobre os horrores do genocídio e condena todas as manifestações de intolerância ou violência baseadas em origem étnica ou crença. Em São Paulo, a lei que institui um dia em memória às vítimas do Holocausto, é de autoria do então vereador Floriano Pesaro,  e foi sancionada pelo  prefeito Gilberto Kassab no dia 12 de dezembro de 2009.

Evento em recordação ao Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto
Data:27/02/2022
Horário: 19h30
Transmissão: redes sociais da Conib, Fisesp e CIP
Facebook: @oficialconib; @federacaosp; @cipsp
You Tube: /CONIBOFICIAL; Federacaoisraelita SP; TVCIP