Foto: Divulgação/Instituto Jaime Lerner

Conib lamenta a morte de Jaime Lerner, ex-governador do Paraná 

Jaime Lerner, ex-governador do Paraná, morreu nesta quinta–feira (27) aos 84 anos, de complicações associadas a uma doença renal crônica. Arquiteto de formação, ele foi três vezes prefeito de Curitiba e ficou internacionalmente conhecido pela implementação do sistema integrado de transporte público da capital paranaense, na década de 1970.
“Jaime Lerner foi um arquiteto e urbanista inovador. Ele ganhou prêmios pelo mundo que orgulham o nosso país e a nossa comunidade. Seu trabalho esteve sempre permeado pela visão humanista judaica de melhorar o mundo, o que ele conseguiu”, disse o presidente da Conib, Claudio Lottenberg.
Na administração da capital paranaense, Lerner conquistou reconhecimento internacional pelo projeto de planejamento urbano e transporte integrado em Curitiba. O principal legado foi a adoção do sistema de transporte de BRT, que instalou canaletas exclusivas para ônibus e terminais integrados pela cidade em 1974. Nos anos seguintes, o exemplo curitibano foi replicado em várias cidades do mundo.
Nascido em Curitiba em 17 de dezembro de 1937, Lerner foi prefeito da cidade em três mandados, de 1971 a 1974, de 1979 a 1984 e de 1989 a 1993, e governador do Paraná por duas vezes, de 1995 a 1998 e 1999 a 2002.
Formou-se em arquitetura em 1964 pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e trabalhou no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) desde a criação, em 1965.
Em 2002, foi eleito presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA). Ele também foi fundador do Instituto Jaime Lerner, entidade sem fins lucrativos.
Era casado com Fani Lerner e teve duas filhas: Andrea e Ilana. A esposa morreu em maio de 2009, aos 63 anos.

Foto: Divulgação/Instituto Jaime Lerner