Conib saúda a abertura dos arquivos do Papa Pio XII pelo Vaticano

A iniciativa do Papa Francisco, concretizada no dia 2 de março, de abrir os Arquivos Apostólicos do Papa Pio XII é um gesto importante, que aponta o compromisso do Vaticano com a transparência. Ao franquear informações que estavam bloqueadas há décadas, sobre o pontificado controverso de Pio XII, que se estendeu por 19 anos (de 1939 a 1958), a cúpula da Igreja demonstra boa vontade ao lançar luzes sobre suas ações durante o período do Holocausto.

“Trata-se de um gesto corajoso do Papa Francisco e esperamos que as questões e dúvidas que cercam aquela época possam ser esclarecidas com um trabalho sério de pesquisa”, disse o presidente da Conib, Fernando Lottenberg.