Diretores da Fisemg se reúnem com governador para discutir pandemia e ensino do Holocausto

A diretoria da Federação Israelita de Minas Gerais foi recebida pelo governador do estado, Romeu Zema, e pelo secretário-geral de governo, Matheus Simões, na tarde desta quinta-feira (18). A visita teve a intenção de estreitar os laços entre a comunidade judaica mineira e o chefe do Executivo. Durante o encontro, o presidente da Fisemg, Beny Cohen, apresentou dados de duas campanhas promovidas pela entidade para ajudar Minas no enfrentamento à Covid-19. Mais de 1.200 cestas básicas e 24 mil itens de higiene foram encaminhados a famílias carentes do estado. Uma terceira campanha já está em andamento. Outro assunto abordado no encontro foi a inclusão do Holocausto na pauta educativa das Escolas Estaduais de Minas. O objetivo é reforçar junto a estudantes e educadores a importância do tema e do respeito aos direitos humanos no Brasil e no mundo. O governador de Minas, Romeu Zema, se mostrou receptivo à ideia e prometeu encaminhar o pedido à Secretaria de Educação. Também estiveram na visita a Romeu Zema, o vice-presidente da Fisemg, Salvador Ohana, o diretor-executivo, Jaime Aronis e o conselheiro Eduardo Kuperman, que também faz parte da diretoria da Conib.