CJL Divulgação

Em encontro com líderes judeus da América Latina, ministro israelense diz que Israel quer maior aproximação com a diáspora 

O Ministro de Assuntos da Diáspora de Israel, Nachman Shai, se reuniu com representantes do Congresso Judaico Latino-Americano (CJL) e com líderes das comunidades judaicas de toda a região em recente evento online, de acordo com o CJL.
Entre os presentes estavam Claudio Lottenberg, presidente da Conib e Conselheiro Especial CJL; Saúl Levine, comissário da organização para as relações com Israel; Jorge Knoblovits, secretário-geral do CJL e Diego Sonnenschein, tesoureiro da organização..
O presidente do CJL, Jack Terpins, abriu o encontro online dando boas-vindas ao ministro e aos líderes das comunidades judaicas de toda a região presentes.
Shai falou sobre o novo governo israelense: “A mensagem é de unidade, de relações mútuas”, disse ele. “Este governo é formado por partidos de esquerda, direita e centro. Compreendemos que era hora de curar as feridas da sociedade israelense. Estávamos divididos, fragmentados e agora estamos entrando em uma nova era”, destacou.
Em relação à agenda diplomática, o ministro destacou o antissemitismo como um dos temas prioritários do governo nas relações internacionais.
Sobre a relação com as comunidades judaicas ao redor do mundo, Shai foi claro: “Não se trata mais da diáspora ajudando Israel. Não pedimos mais apenas sua ajuda, agora pensamos no que podemos fazer por vocês. Também é nossa responsabilidade compartilhar a vida com a diáspora”.