Fernando Lottenberg participa de evento da UNESCO e do CJL contra o antissemitismo

Em associação com o Congresso Judaico Latino Americano (CJL), a UNESCO realizou nesta segunda e terça-feira (25 e 26) o workshop “Enfrentando o antissemitismo através da educação”. A iniciativa foi direcionada a formuladores de políticas públicas, formadores de docentes e educadores e reuniu 60 representantes dos Ministérios da Educação de países da América Latina, professores e educadores da região.

O presidente do Conselho Consultivo da CONIB e Comissário da Organização dos Estados Americanos (OEA) para Monitoramento e Combate ao Antissemitismo, Fernando Lottenberg, abriu o segundo e último dia debates, propondo estratégias e ações para enfrentar o antissemitismo em nível regional, promovendo intercâmbio e trabalho conjunto. “Frente ao crescimento do antissemitismo no mundo, a educação pode ser um poderoso instrumento para combater a desinformação e o preconceito, afirmou Fernando Lottenberg.

O presidente do CJL, Jack Terpins, declarou: “O problema do antissemitismo não diz respeito apenas aos judeus, mas à sociedade como um todo. O discurso de ódio, que adota diferentes expressões e formatos em cada época, ameaça a paz e inibe o potencial criativo e inovador que reside na diversidade. O trabalho conjunto entre Estados, organizações e sociedade civil é de extrema importância para construir a convivência e erradicar o antissemitismo e todas as formas de discriminação”.

Contando com participantes de vários países latino-americanos e especialistas da região e da Europa, o encontro é mais uma iniciativa da UNESCO nessa área, que se soma à produção de materiais educativos e ao treinamento de professores, entre outras.