Herzog é recebido em evento da Conib na casa de Lina e Eduardo Wurzman, então secretário-geral da Conib

Isaac Herzog é eleito 11º presidente de Israel

Com 87 votos dos 120 parlamentares do Knesset, o chefe da Agência Judaica, Isaac Herzog, foi eleito nesta quarta o 11º Presidente de Israel, em substituição a Reuven Rivlin, cujo mandato termina em 9 de julho.
Herzog teve uma ampla vitória sobre a educadora Miriam Peretz em votação fechada no Knesset. Peretz, recebeu 27 votos e três parlamentares se abstiveram.
Foi a maior vitória em qualquer eleição presidencial na história de Israel. Herzog assumirá o lugar do presidente Reuven Rivlin quando seu mandato terminar, em 9 de julho.
Herzog agradeceu aos parlamentares e disse que “é uma honra servir a todo o povo de Israel”. Ele chamou Peretz de heroína e inspiradora.
“Serei o presidente de todos”, disse Herzog, destacando os israelenses de todo o espectro político e os judeus da Diáspora.
O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e o líder do Yamina, Naftali Bennett, cumprimentaram Herzog pela vitória e desejaram felicidades a Peretz.
Herzog é filho de Chaim Herzog, que foi o sexto presidente de Israel.
Cada partido do Knesset concedeu a seus parlamentares liberdade para votar em qualquer um dos candidatos. Nenhum partido apoiou um candidato.
Esta é a primeira eleição presidencial em Israel em que nenhum dos candidatos é parlamentar.
Peretz disse estar feliz com o fato de, após ter saído do Marrocos para Israel, poder disputar a Presidência do país com alguém como Herzog.
Em seu discurso ao lado de Netanyahu, Peretz disse que ao participar da disputa ela realizou o que jamais poderia ter sonhado quando criança.
“Um presidente adequado que nos honra foi eleito”, disse Peretz. “Vou rezar por seu sucesso, porque seu sucesso é nosso sucesso”. Ela disse que pretende continuar em sua missão de ‘curar as fissuras’ no país.
Herzog foi recebido em jantar da Conib em março de 2019 em São Paulo, quando esteve em visita ao Brasil (foto). Na ocasião, Herzog falou de seu objetivo de aumentar as relações com a comunidade judaica brasileira, por meio de novas iniciativas entre a Agência Judaica, que presidia, e entidades judaicas brasileiras. Além de questões relacionadas à parceria já existente, outros temas foram abordados no encontro, como o clima para as eleições israelenses, as relações entre Israel e os judeus da Diáspora e caminhos para a comunidade judaica brasileira ter um papel mais ativo na Agência Judaica.

Foto: Herzog é recebido em evento da Conib, na casa de Lina e Edurado Wurzmann – Arquivo Conib