Israel aguarda aval do Itamaraty para posse do novo embaixador

Na mesma semana em que o embaixador Yossi Avraham Shelley se despediu de seu cargo no Brasil, o Ministério das Relações Exteriores de Israel confirmou que, entre escolhas para 18 embaixadas e consulados-gerais no mundo, Daniel Zohar-Zonshine foi indicado como novo embaixador em Brasília.

Desde a última semana, Shelley, que assumiu o posto em 2017, já não é mais o embaixador no Brasil, após vários eventos de despedida, em São Paulo e em Brasília, este com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo informações da embaixada de Israel no Brasil, o governo israelense aguarda a aprovação do Itamaraty para que seja marcada a data da posse de Zonshine.

Neste momento, a representação do país em território brasileiro está sob responsabilidade do chefe do departamento político, David Atar, e da porta-voz e chefe de diplomacia pública Shani Rabinovich.

Para o presidente da Conib (Confederação Israelita do Brasil), Cláudio Lottenberg, a expectativa é a de que Zonshine dê prosseguimento à política de intercâmbio entre Brasil e Israel adotada por Shelley.

“As relações entre Brasil e Israel têm bases sólidas e históricas e vêm avançando ainda mais nos últimos anos. Temos a certeza de que o embaixador Danny Zonshine fará um grande trabalho em Brasília, fomentando tanto as relações comerciais e diplomáticas como desenvolvendo laços entre as sociedades civis dos dois países em áreas vitais como saúde, segurança, tecnologia, agropecuária e tantas outras”, afirmou Lottenberg.

A diferença entre o novo e o antigo embaixador, que deixa a função sob o argumento de que seu período de quatro anos foi completado, é que Zonshine é um profissional de carreira e Shelley, por ser um empresário, tinha um foco bastante voltado para as negociações comerciais.

No período em que Shelley foi embaixador, Brasil e Israel assinaram 10 acordos, em temas como transporte aéreo; cooperação em Ciência e Tecnologia; tratado para extradição; segurança pública e assuntos ligados à Defesa.

Zonshine foi cônsul-geral na Índia (2005-2008), embaixador de Israel em Myanmar (2014-2018)e já trabalhou em Brasília, na função de conselheiro da embaixada brasileira, em 2001.

Foto:EMBAIXADA DE ISRAEL EM MYANMAR