Israel se aproxima de 3 mil novos casos diários de Covid-19 e país já se prepara para novas restrições 

Israel chegou a quase 3.000 novos casos diários de coronavírus pelo segundo dia consecutivo, segundo dados publicados na manhã desta quarta-feira pelo Ministério da Saúde.
O governo havia alertado na semana passada que se Israel ultrapassasse os 2.500 casos por dia, as restrições seriam mais rígidas.
O último relatório mostra que 2.862 pessoas foram diagnosticadas com o vírus na segunda-feira, com 3,5% das 83.227 que foram testadas com resultado positivo.
Cerca de 381 dos pacientes atuais estão em estado grave, com 138 intubados. O número de mortos é de 3.022, informou o Ministério da Saúde.
O aumento ocorre um dia depois que as autoridades de saúde alertaram que Israel poderia entrar em um terceiro confinamento antes mesmo de começar a vacinar se a morbidade continuar a subir.
Em uma entrevista ao Jerusalem Post nesta terça-feira, o responsável pelo Departamento de Coronavírus, professor Nachman Ash, disse que pressionaria por restrições mais rígidas o mais rápido possível, a fim de evitar tal fechamento.
Ele apresentou a ideia de “aumentar as restrições” na semana passada ao gabinete do coronavírus, mas a proposta foi rejeitada pelos ministros, que optaram por abrir shopping centers e museus.
O governo concordou, no entanto, que se a qualquer momento o número de casos de coronavírus exceder 2.500 por dia ou atingir uma taxa de reprodução (R) de 1,32 – em que cada três doentes infectam mais quatro – um período de “contenção mais rígida” será implementado .
Durante o período de restrição, lojas, shoppings e mercados seriam fechados. Os encontros seriam limitados a 10 pessoas em espaços fechados e 20 em espaços abertos. O sistema educacional permaneceria aberto nas cidades verdes e amarelas, mas fecharia nas de cores laranja e vermelha.
Um relatório do Centro Nacional de Informação sobre Coronavirus alertou na terça-feira que Israel provavelmente atingirá esse número até o final deste mês.

Foto: HADASSAH SPOKESPERSON