JN entrevista coordenadora do Colégio Renascença

Os jovens da era digital estão perdendo um hábito antigo: usar a caneta e o papel para se comunicar. A partir desse mote, o Jornal Nacional da Rede Globo, em sua edição de 5 de fevereiro, fez uma reportagem que mostra alunos do Ensino Médio do Colégio Renascença, em São Paulo, e entrevista a coordenadora pedagógica Ligia Fleury. 

Ela explicou que a escola permite e incentiva o uso do computador em classe, para alunos que têm dificuldade com a grafia, mas dominam o teclado com muita rapidez. “Escrevendo, eles conseguem registrar apenas parte da aula, porque têm um ritmo próprio, que exigiria mais tempo para o registro escrito. No final de semana, escolhem uma aula de cada matéria digitada e a copiam com letra cursiva no caderno. Assim, podem treinar a escrita e rever a matéria trabalhada”, acrescentou. 

“Acreditamos que a escola deva se aproximar das tecnologias e utilizá-las como recurso de aprendizagem. Levar para a sala de aula o computador é propiciar mais um recurso, uma ferramenta que pode ser facilitadora na aprendizagem do aluno”, afirmou.

Veja o vídeo.