Jornal Nacional mostra reencontro de sobrevivente do Holocausto com amiga que a salvou

Mira Wexle e Helena Weglowski. Foto: Reprodução/Globo.

 

O Jornal Nacional mostrou o reencontro de sobrevivente do Holocausto com a amiga que a salvou durante o nazismo. O reencontro aconteceu em Nova York e foi promovido por uma fundação de apoio a pessoas que arriscaram a vida para salvar judeus do Holocausto.

Sessenta e nove anos separaram Mira Wexle, sobrevivente do Holocausto, e Helena Weglowski, a amiga que salvou sua vida. "Estou extremamente feliz por ver Mira novamente. Nós brincávamos juntas. Mas a guerra destruiu tudo".

Mira saiu do Brasil. Helena da Polônia, onde as duas tiveram uma infância feliz até os nazistas ocuparem o país. A família de Mira, que é judia, se escondeu na floresta. Foi quando Helena e o irmão Stanislaw decidiram arriscar a própria vida para ajuda-la.

"Ele levou a mim e a minha mãe para o curral, nos escondeu lá, nem falou para os pais e trazia comida escondido para gente. Como eu posso esquecer isso? Isso não tem preço. Ele tinha uns 8, 9 anos, não mais que isso”, lembra Mira.

Helena conta que se lembra bem daqueles dias de horror. E que, se fosse preciso, faria tudo novamente.

Mira e a mãe sobreviveram ao campo de concentração e se mudaram para o Rio de Janeiro. Helena permaneceu na Polônia. Agora, as duas estão unidas novamente por sentimentos que a guerra não destruiu.

"É amor, é gratidão mesmo, é sinceridade. Essa amizade agora é para sempre, até Deus quiser", afirma Mira.