Jornalista Gustavo Chacra aborda em 21/10 as relações Israel-vizinhos, no ciclo Israel-Mundo, em São Paulo

No ano em que Israel completa 65 anos, a Confederação Israelita do Brasil e o Centro da Cultura Judaica, em São Paulo, promovem, em todas as segundas-feiras de setembro e outubro, um ciclo com nove palestras intitulado “Israel e o Mundo”, que visa traçar um panorama abrangente das relações internacionais do Estado judeu. As palestras podem ser assistidas separadamente. Mesmo quem ainda não foi a nenhuma palestra pode participar. Confirme sua presença na página do evento no Facebook. O preço é R$ 65,00.

Em 21 de outubro, às 20 horas, o ciclo prossegue com a palestra “Israel e o Oriente Médio”, com o jornalista Gustavo Chacra, de O Estado de S. Paulo e GloboNews. Sinopse: a Primavera Árabe e seus desdobramentos têm transformado o Oriente Médio em foco de atenção de todo o mundo. A queda de Hosni Mubarak, seguida da eleição e deposição de Mohamed Morsi no Egito; o conflito que já matou dezenas de milhares de pessoas na Síria; a influência do Hezbollah no Líbano; e os impactos dos acontecimentos recentes na região para Israel são alguns dos assuntos a serem discutidos.

Na abertura, em 2 de setembro, Bernardo Sorj falou sobre “Israel e o Mundo: 65 Anos de Diplomacia e Conflito”. Em 9 de setembro, Peter Demant falou sobre as relações Israel-Europa. No dia 16, Jaime Spitzcovsky abordou as relações Israel-Ásia. Em 23 de setembro, Heni Cukier analisou as implicações de um Irã nuclear. Em 30 de setembro, Samuel Feldberg tratou das relações entre Israel e EUA. Em 7 de outubro, Michel Gherman esmiuçou os problemas de israelenses e palestinos. Em 14 de outubro, Omar Thomaz abordou as relações entre Israel e a África. Na última palestra, em 28 de outubro, Guilherme Casarões e Tullo Vigevani discutirão as relações de Israel com Brasil e América Latina.

A curadoria do evento é do cientista social Daniel Douek.

O preço de cada palestra é R$ 65,00. Idade mínima: 18 anos.

As datas são 21 e 28 de outubro, segundas-feiras. Horário: das 20h às 22h. Informações, no Centro da Cultura Judaica: secretaria@culturajudaica.org.br ou secretaria1@culturajudaica.org.br. Telefone: (11) 3065-4349/4337.


Comerciantes no mercado árabe em Jerusalém. Foto: Ministério do Turismo de Israel.