Liderado pelo comunicador Marc Tawil, primeiro dia da convenção contou com mensagem de Dan Stulbach

O comunicador e diretor da CONIB Marc Tawil foi o apresentador do primeiro dia 52ª Convenção Anual da CONIB com o tema “Honrando o passado, Construindo o futuro”, que neste ano teve formato híbrido e atingiu um público amplo de milhares de pessoas. Nesta primeira noite, o roteiro começou lembrando o Holocausto e seguiu falando sobre como Israel seguiu como uma nação forte e arrojada.

O ator Dan Stulbach, foi o primeiro a falar em mensagem de vídeo. “Ao longo da história, a comunidade judaica foi testada inúmeras vezes: tentaram nos separar, então nos unimos; tentaram nos calar, então difundimos a nossa cultura; tentaram nos exterminar, então nos multiplicamos; tentaram nos oprimir, então declaramos nossa independência. Hoje, depois de termos passado pelo Holocausto e tantas e inúmeras provações, o povo judeu tem um porto seguro em Israel e suas comunidades espalhadas pelos quatro cantos do planeta. Só no Brasil, a CONIB representa os 120 mil judeus que aqui vivem, cada com seu jeito, suas ideias, suas convicções. E é essa pluralidade que nos fortalece e essa diversidade que faz com que estejamos prontos para o que der e vier”. Assista aqui: https://www.youtube.com/watch?v=X3bERw0M96c&t=2185s

O presidente de Israel, Isaac Herzog, também se fez presente, em mensagem por vídeo. Quem também esteve presente desta forma foi Chella Safra, que destacou a “importância de nos mantermos unidos em torno de questões que nos são essenciais”. Depois foi a vez do presidente do Yad Vashem, Dani Dayan, que destacou a importância e a responsabilidade da organização.

A noite seguiu mostrando o trabalho de Inge Buhs, fundadora da ONG Ner Yaacov, em Jerusalém; o depoimento do sobrevivente do Holocausto Yehuda Freund; e a conversa entre a estudante Lívia Fernanda de Souza Mendes, que em 2013 venceu um concurso de redações sobre Anne Frank promovido pela CONIB e Fisesp com o apresentador Marc Tawil. O jornalista e colunista da Folha de S.Paulo Jaime Spitzcovisky, debateu com o diplomata israelense em Dubai, Ilan Stulman  sobre questões políticas do Oriente Médio e a psicóloga e professora Sofia Débora Levy juntamente com o coordenador-geral do Museu do Holocausto de Curitiba, Carlos Reiss participaram de um debate com a plateia. O médico e presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Sidney Klajner e Salomão Ioschpe, presidente da Associação de Amigos do  Technion Brasil também estiveram presentes no palco da convenção.  Dror Bin, CEO da Agência de Inovação de Israel falou sobre o país das startups, e a artista e ilustradora Michelle Lerner, da Marcha da Vida, Juventude e Futuro; o advogado Daniel Gerstler, também participaram. Entre os  presentes estavam o vereador  Daniel Annenberg, Célia Parnes, Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, e o Secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, entre outros. Os patrocinadores David Safra, do Banco Safra  e Abramo Douek, do Banco Rendimento, também compareceram ao evento.  Este primeiro dia de convenção terminou com a animada apresentação do cantor, ator e educador Ale Edelstein e de seus filhos Isa e Martin. 

A convenção da CONIB contou com o trabalho de diversos diretores liderados por Mirella Radomysler e Oscar Jaroslavsky e teve o patrocínio dos Banco Safra, C6 Bank, Banco Daycoval, da empresa VR, Banco Rendimento, Norfil e apoio institucional da Unibes Cultural e Unibes, Hospital Albert Einstein, Leculam e Fundo Comunitário.