Mensagem de Yom Kipur da Conib

No final da tarde do próximo domingo, 27 de setembro, cerca de 14 milhões de judeus em todo o mundo (120 mil no Brasil) observarão o Yom Kipur, o Dia do Perdão, a data mais importante do calendário judaico.

O Yom Kipur marca o fim do período de dez dias de introspecção, desde o início do Ano Novo, em que avaliamos nossa conduta durante o ano que passou.

Neste ano, enfrentamos tempos difíceis, especialmente com a pandemia de Covid-19, além de atos de intolerância e de antissemitismo.

O judaísmo se fundamenta em valores éticos e morais sólidos. Princípios como justiça, compaixão e solidariedade devem nortear nossas ações. E este período de dificuldades pode ajudar a nos conectarmos a esses valores, na tentativa de nos tornarmos pessoas melhores e, assim, construir um mundo melhor para todos.

Que neste ano de 5781, estes princípios nos guiem em direção a um mundo de paz e de mais esperança – para nós e para as gerações futuras.

Que sejamos todos inscritos e confirmados no livro da vida!

Fernando Lottenberg, Presidente da Conib