Muçulmano brasileiro conta história dos judeus no Líbano


Sinagoga Magen Abraham, em Beirute; no destaque, Ibrahim Smidi. Fotos: Divulgação.

Ibrahim Smidi, jovem brasileiro-libanês, mostra neste vídeo o antigo bairro judaico de Wadi Abu Jamil, em Beirute, e conta a história da comunidade judaica e sua importância para o Líbano. Ele também menciona a sinagoga Magen Abraham, a única de Beirute, reconstruída recentemente. Como informa o jornalista Guga Chacra, Ibrahim é muçulmano sunita.

A comunidade judaica do Líbano tem 100 membros. Isaac Arazi, líder comunitário, afirma que judeus, cristãos e mulçumanos doaram para o projeto de reconstrução, estimado em US$ 1 milhão.