ONU aprova resolução contra o antissemitismo e a negação do Holocausto

A Assembleia Geral da ONU aprovou nesta quinta-feira (20) resolução proposta por Israel e Alemanha condenando o antissemitismo e qualquer negação do Holocausto como acontecimento histórico.

O texto não vinculante foi aprovado por 144 dos 193 países membros. O Irã, que nega sistematicamente a existência do Holocausto, em que seis milhões de judeus foram mortos pelo regime nazista, entre 1939 e 1945, se opôs à resolução, afirmando que se desvinculou do texto, conforme anunciado pela imprensa.

Os ministros das Relações Exteriores de Israel, Yair Lapid, e da Alemanha, Annalena Baerbock, saudaram a aprovação da resolução, destacando a importância da decisão num momento em que há um aumento dos casos de antissemitismo e negação do Holocausto no mundo.