Presidente da Conib elogia iniciativa do PL de expulsar candidato a vereador que promove o nazismo

O presidente da Conib, Fernando Lottenberg, elogiou o Partido Liberal de Santa Catarina por ter removido de seus quadros o candidato a vereador Wandercy Antônio Pugliesi: “Os ataques contra judeus devem ser coibidos, porque geralmente são prenúncios de ataques sistêmicos, de maior alcance”. Lottenberg lamentou o aumento de episódios de antissemitismo no Brasil e em outros países e lembrou a necessidade de uma fiscalização maior para conter ações e discursos de ódio e de intolerância. “Essa questão não diz respeito apenas aos judeus, mas a toda a sociedade”, lembrou Lottenberg.

O Partido Liberal de Santa Catarina decidiu remover de seus quadros, na tarde desta quinta-feira (8), o candidato a vereador Wandercy Antônio Pugliesi por sua defesa da ideologia nazista. Além de colecionador de artefatos ligados ao regime, seu filho é batizado com o nome Adolf e uma suástica está desenhada no fundo da piscina da casa dele.

Em nota, o diretório estadual do PL afirmou que “desconhecia a filiação do candidato a vereador da cidade de Pomerode, Professor Wander”, alegando que o processo foi realizado diretamente pela instância municipal do partido.

“Por não compactuar ideologicamente com o filiado, o PL encaminhou o desligamento do mesmo. O partido reforça sua firme posição contra todo tipo de apologia à discriminação racial, religiosa e social”, diz a nota do partido.