Foto: Mujano

Projeto Zivug promove encontros de solteiros

Criado em novembro de 2020 em meio à pandemia de Covid-19, o Projeto Zivug promove o encontro de solteiros através de um site, onde os interessados preenchem um formulário para encontrar um companheiro (a) ideal. Em entrevista à CONIB, o rabino Yossef Benzecry explicou que o projeto começou de forma despretensiosa, “para ajudar jovens que não conseguiam se encontrar por causa da pandemia”. “A partir daí, começamos a desenvolver a ideia e buscar parcerias para criar um cadastro para pessoas interessadas em casar, ou apenas buscar uma companhia”, diz o rabino.
1. Como surgiu a ideia do projeto Zivug?
Temos no Brasil dezenas de ativistas e entidades que se dedicam direta ou indiretamente ao trabalho de formar casais. Uma das dificuldades enfrentadas é que, por maior que seja o alcance de sua influência, ela ainda está limitada ao seu círculo de frequentadores. Isso é um fator limitador, pois quanto maior forem as opções de pessoas, mais chances teremos de um pretendente encontrar um companheiro (a) compatível. Com a pandemia e a falta de encontros presenciais, essa questão ficou ainda mais complicada. Por isso resolvemos criar um site com um grande banco de dados, onde o jovem se inscreve e onde os ativistas buscarão um perfil que combine, seja de uma outra pessoa do próprio site ou para um match com alguém que frequente a sua comunidade. Isto tudo com total privacidade.
2. Tem algum retorno de resultados positivos?
Em menos de um ano de funcionamento já foram formados dezenas de casais, além de vários noivados e casamentos. Méritos para a equipe de voluntários que se dedica a fazer esta grande mitsvá.
3. O projeto estabelece alguma faixa etária para os participantes?
Só precisa ter a idade mínima de 18 anos. Temos jovens a partir desta idade e a lista é grande e tem inscritos com mais de 80 anos. O projeto é totalmente gratuito e é tanto para religiosos como para não-religiosos. Aliás, mais de 80% dos inscritos não são religiosos. Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=2A7ueD4be9I