Referência do judaísmo na capital federal, Associação Cultural Israelita de Brasília completa 50 anos

No dia 16 de março de 1964, um grupo de judeus se reuniu em uma sala do Banco Lowndes, na W3 Sul e criou a ACIB – Associação Cultural Israelita de Brasília. Entre eles, Maurício Shashoa, Jakob Bokner, Dan Landwehr, Zaccarias Sarkis, Jacob Vitran e Fredi Missionchik.

A primeira ata de reunião diz: “20 judeus decidiram criar uma entidade que servirá de base para as famílias reunirem-se e cumprirem os rituais religiosos, além de ser um ponto de encontro para fazer amigos e discutir, discutir, discutir”.

O governo federal doou terrenos para as diversas entidades religiosas da capital; na Asa Norte, a ACIB faria sua sinagoga.  Porém, a comunidade não conseguiu construir a sede dentro do prazo legal de dois anos, e a NOVACAP solicitou a devolução do terreno.

Somente em 1972, na chácara de Dan Landwehr, anunciou-se a recuperação do terreno e o início de uma campanha nacional para a construção da sede da associação e da sinagoga. Em reunião patrocinada pela então embaixatriz de Israel e pela entidade feminina Wizo, por meio de Stella Bassous e Etty Ghariani, resolveu-se que chegara a hora da colocação do primeiro tijolo. Também auxiliaram Lulu Landwehr, Cecília Pitel, Helena Barcessat e Edith Bensusan. O projeto arquitetônico foi de José Victor Grinsztein.

Após a construção da sede, a ACIB passou a ter uma atuação mais efetiva, celebrando os cultos religiosos e festas. Em 2013, sob o comando de Samuel Szerman, que a presidiu por três gestões, a entidade adquiriu seu Livro da Torá. Foi a última realização de Szerman, que faleceu poucos meses depois.

Muito mais que uma associação formalmente constituída, a ACIB é hoje referência do judaísmo em Brasília, promovendo a cultura judaica e as tradições religiosas e acolhendo os judeus que moram ou que estão de passagem pela capital.

A Confederação Israelita do Brasil parabeniza a ACIB pela admirável trajetória.


Festa em Brasília ao redor da Torá, na ACIB, em 2013. Fotos: Natan Guterman e Camila Nebenzahl.


Chazan Abrahan Melul e rabino Moisés Elmescany costuram a Torá da ACIB, em 2013 Fotos: Natan Guterman e Camila Nebenzahl.


Bolo em comemoração ao 50º aniversário da ACIB. Foto: ACIB.