Senador pede desculpas por comparação entre a situação atual e a Alemanha nazista

Em campanha contra a banalização do Holocausto, a Conib procurou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) após ver declarações suas comparando lideranças atuais com o ditador nazista Adolf Hitler. Em resposta à Conib, o senador reconheceu o equívoco em tecer paralelo entre o momento político atual e a época do nazismo: “Apesar de falar, na ocasião, de que não era uma comparação, compreendo que a afirmação foi mal formulada. A intenção jamais foi a de banalizar o Holocausto”, disse o senador. “Ofereço minhas sinceras desculpas com as feridas abertas devido à minha fala”, finalizou.

Leia a íntegra da carta: