Trinta e quatro países aderem ao boicote à Conferência de Durban 

Trinta e quatro países aderiram ao boicote à polêmica Conferência de Durban que marcou, nesta quarta-feira, os 20 anos do evento apontado por Israel como “a pior manifestação internacional de antissemitismo desde a Segunda Guerra Mundial”, de acordo com matéria no Times of Israel. O ministro israelense das Relações Exteriores, Yair Lapid, agradeceu no Twitter ao apoio dos 34 países: “Obrigado a todos que se mobilizaram em uma operação diplomática bem-sucedida e focada”. Os Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Austrália e França estão entre alguns dos principais países que não participaram da reunião deste ano.