Veja versão incompleta do filme “Memória dos Campos”, documentário sobre o Holocausto que teve Alfred Hitchcock como consultor


Cena de "Memória dos Campos". Reprodução.

Em 1945, Alfred Hitchcock colaborou como consultor em um documentário sobre as atrocidades de guerra cometidas na Alemanha,  com base nas imagens dos campos de concentração filmadas pelos exércitos soviético, britânico e americano. Por diversos motivos, o filme nunca foi lançado.

Nos anos 1980, as imagens foram descobertas por um pesquisador americano, e o documentário chegou a ser exibido em uma versão incompleta, em 1984, no Festival de Cinema de Berlim e, em 1985, no canal americano PBS, com o título "Memória dos Campos”, com qualidade baixa de imagem.

Após quase 70 anos, o filme deve chegar aos cinemas em 2014, e poderá ser visto na versão que Hitchcock e colaboradores planejaram, com restauração meticulosa do Imperial War Museum. Segundo o jornalista Amir Labaki, Hitchcock auxiliou na forma de apresentação do material. 

Algumas imagens, particularmente as do campo de extermínio de Bergen Belsen, são brutais. Ao assistir às cenas pela primeira vez, Hitchcock, que se tornaria o mestre dos filmes de horror – Psicose é de 1960; Os Pássaros, de 1963-, ficou completamente chocado. Mas há também cenas de reconstrução e reconciliação.

Veja a versão incompleta do filme (CONTÉM IMAGENS FORTES).